Veneno dose da morte
Explode a sensação

Sopre de volta eu vou
Estar as portas do teu coração

Quando essa brisa chegar
Me leve embora não deixe não

Que a timidez te impeça
De me dar a mão

(refrão)

Hoje eu quero sair por aí!
Sem pensar num ponto final
E fazer de um dia astral
Nosso dia de ser feliz
Quando a noite virar

Essa insonia uma aposta
Vou dormir até o verão

Pular na bala
Esquece da bala pede perdão

E a historia repete
Não da nó me tira do chão

Sabão e água pra lavar a alma
Acredite ou não

(refrão)

Hoje eu quero sair por aí!
Sem pensar num ponto final
E fazer de um dia astral
Nosso dia de ser feliz
Quando a noite virar