Volta pra serra morena linda
Ansioso espero pois te amo ainda
Volta correndo, pois é grande esta saudade que me invade,
Quero te beijar.

Vem ver que lindo o que fiz lá na tapera
Oh! Quanta espera, quero te abraçar

Vem ver a casa que fiz pra nós
Estou aflito quero ouvir a sua voz
Vem ver as flores no canteiro do jardim
Não posso mais quero te ter perto de mim

Vem ouvir meu sabiá, sábiá
Que não para de cantar.

Vem ouvir meu sabiá, sábiá
Que não para de cantar.

Vem ver meus olhos que choram tanto
Vem ver o rio que nasceu do pranto
Se tu voltares vou matar minha saudade
Nosso ranchinho vai ser só felicidade

Vem ouvir meu sabiá, sábiá
Que não para de cantar.

Vem ouvir meu sabiá, sábiá
Que não para de cantar.