Simples demais não é assim tanto faz
Viver em paz não é viver assim de qualquer maneira
Todos os momentos que um dia eu passei
Me fazem enxergar e eu acreditei
Que nada é tão bom pra alguém
Se só tentar jogando uma vez
Onde fullgás, névoa gris, vendavais
Tão perto demais pr’eu ficar assim tão de bobeira
Bate na porta, me acorde e aí
Pode chegar e é só me pedir
Que eu abro o jogo pra você
Por aqui de novo, pode crer
Foi no tempo que passou
Foi no barco que me levou
Pra longe de você
Paciência, agora deixa tudo correr
Foi tão certo como dois e dois
Se eu deixei pra depois
Conviver com essa decisão
Cabe a mim mesmo, não tem solução
Foi ontem o temporal
Pra você tudo normal
Foi ontem o temporal
Pra você nada muda e tudo
Parece sempre igual