Da janela pro morro
Todo dia te vejo
Na porta de casa
Descendo a ladeira
A gente se cruza e não há cumprimento
Não sei se é medo ou preconceito

Também não dou o primeiro passo
Também não posso julgar você
Tento e não dou o primeiro passo
Tento não julgar você

E a noite eu ouço
Quem fala mais alto é o morro

Cada bala que voa me sinto mais vivo
Cada bala que voa me sinto mais morto

Mesmo sabendo que todos também ouvem
Sabendo que todos acordam no meio da noite

Eu sei que ninguém perde o sono

*poema*
Toque de recolher
Rojões entoam a Cavalgada das Valquírias,
sampleando em base de AR 15, ponto 30 e HK

Cadenciadas, balas traçam todos os espaços
Cadenciadas, balas traçam todos os espaços
Cadenciadas, balas cravam via-lácteas no céu

Granada de efeito moral
Território dominado
Favela ocupada
Terra de ninguém
rua morte certa, tiro e queda

abrigo em casa
atrás do concreto, debaixo da cama
guia de santo na mão, cruz na parede
Le Petit Ferdinand Au Bord De La Mer

PT, 9mm, 7,62, 38, M-16, AK 47, AR 15, ponto 30 e HK

Polícia ocupa favela invadida
O que é estado de guerra?

Polícia apreende fuzis e granadas
de uso exclusivo das Forças Armadas do Brasil
Lei do silêncio, ninguém diz nada, ninguém comenta nada

República Federativa do Brasil
O que é estado de guerra?

Fluxo ininterrupto
Correnteza virulenta
Barulho calor poeira / Raiva ira ódio
Catarse dos resquícios de sanidade
Voracidade febril

Impossível frear o impulso assassino