Evidência de ilusão
Uma falsa liberdade
Olhos que nada enxergam
O eterno condicionamento

Nesta selva negra
Os dias são mergulhados em trevas
O caminho é de espinho
E sempre será banhado em sangue

Os deuses dos fracos não existem
Isso é uma demasiada mentira

O céu que nunca estará
Ao alcance de suas mãos

Sempre existirá o algoz
O carrasco infernal
Que arrancará sua pele
E derramará seu sangue

A carcaça do seu corpo
É a sobrevivência dos abutres
A carcaça da sua alma
É o alimento para sobrevivência de deus
O algoz depende de suas vitimas
A vítima procura seu salvador