Hey, não, é tipo... umas parada
que eu tava pensando de madrugada, tá ligado?
É. Eu levantei e fui escrever!
[Verso I]
De madrugada em madrugada eu tava vendo
a carta que eu recebi do banco, como eu tô devendo (é!)
a vida não tá fácil pra ninguém memo
amigo que vira cobra e eu que tô no veneno?
Seria da hora se a gente não crescesse e
fosse inocente e não percebesse que
tudo não passa de uma troca de interesse e
como que a gente vive assim num mundo desse? (eu não sei)
Mas se souber me avise
tenho que sobreviver no mundo em crise
esse jogo nunca vai ser jogado no easy
mas tem que ter um qualquer caso a coroa precise
Mas, os seus valores nunca me compraram
mesmo quando vejo um boy do lado e me comparo
porque eu sei que o meu melhor é claro
talento e essência, vai dizer que isso não é raro? (então vai)
[Refrão]
De madrugada em madrugada,
um bom café e não pega nada
ideia vai, ideia vem, ideia vai, ideia vem
uns tão indo dormi, eu tenho que ir também
Mas
De madrugada em madrugada,
um bom café e não pega nada (porque?)
ideia vai, ideia vem, ideia vai, ideia vem
uns tão indo dormi, eu tenho que ir também
[Verso II]
Não vim só te entreter, tenho outro dever
tô entre ter que vencer e entre ter que perder
qual que eu vou querer? Isso é evidente
sei que vai acontecer, e o Wzy nem é vidente
Eu sempre, vejo minha cidade amanhecer
e penso, que na verdade a manha é ser
malandro o suficiente pra reconhecer
que, no final das conta, a vergonha é ser
alguém, que não tem nenhum conteúdo
porém vejo bem quem tem de tudo
não tem nada por dentro, olha só esse mundo
onde chega ser da hora, ir mal no estudo
admito que já fui assim também, irmão
mas no futuro quem vai se dar bem? Então
eu deixo aqui um conselho e é de coração
sabedoria é pra sempre, ser popular não (então vai)
[Refrão]
De madrugada em madrugada,
um bom café e não pega nada
ideia vai, ideia vem, ideia vai, ideia vem
uns tão indo dormi, eu tenho que ir também
Mas
De madrugada em madrugada,
um bom café e não pega nada (porque?)
ideia vai, ideia vem, ideia vai, ideia vem
uns tão indo dormi, eu tenho que ir também
[Verso III]
Sigo na madrugada andando no meio fio
e eu reparo como o mundo é meio frio
porque varios falaram de mim mas nenhum viu
tudo que fiz no rap, então não quero nem um piu (xiu)
Não ligo pr’que você pensa, então vai
e faça você mesmo o meu curriculo vitae
fala mais do que ventriloco, quanta asneira sai
onde que você me põe? Nos fiel ou nos que trai
O movimento? E vários apontam o dedo
sendo que só a madrugada sabe todos os meu segredos
viajo na madrugada, nos batuque do silêncio
entre um gole de café, e nas mil fita que eu penso
Acho que eu sonho mais acordado do que dormindo
acho que eu trampo mais no feriado e nos domingo
o tempo voa, e só agora eu pude ver
cada poste se apagou, pro sol poder nascer (então vai)
[Refrão]
De madrugada em madrugada,
um bom café e não pega nada
ideia vai, ideia vem, ideia vai, ideia vem
uns tão indo dormi, eu tenho que ir também
Mas
De madrugada em madrugada,
um bom café e não pega nada (porque?)
ideia vai, ideia vem, ideia vai, ideia vem
uns tão indo dormi, eu tenho que ir também
Transcrito por @JoniFernandesRV