Hoje eu cresci não sou criança
Tenho força para lutar
Na cabeça um a pergunta
O meu pai onde está?

Eu cresci pelo mundo
Só minha mãe para me ajudar
E apenas o que eu queria
Era um pai para conversa.

Eu queria te contar
Meus medos e frustrações
Te contar dos meus problemas
Te pedir uma solução
Têm muitos órfãos de pai morto
Eu sou órfão de pai vivo
E apenas o que eu queria
Era te amo filho.

E mesmo assim eu te amo mais e mais
Encontro em você a verdadeira paz
Tudo que eu faço não
É pro meu próprio bem
É pra te ver feliz com filho que tu tem
Ainda é cedo pai podemos começar
Estou voltando agora...
Quando eu te abraça
Se quiser também pode chorar...