O meu sonho sempre foi ser o sol
Fazer de ti minha dependente
Para mim, a melhor coisa do mundo
É ser o que te faz viver
E não o contrário, como sempre foi
O centro de meu universo

Sempre precisei de você
Para me sentir aquecido
Minha saúde sempre dependeu
Do teu temperamento instável

Que me queimava quando desejava
Mas me alimentava com o teu calor
Como o sol, você me atraía
Como o sol, você me queimava
Como o sol, você me fazia parecer insignificante

Me dominava com o seu brilho
E com o teu céu
Até que então, você me disse que a noite existia
E eu resolvi, conhecer o escuro da vida
Com estrelas coloridas, e com uma lua tão fria

Fria porém linda à noite que encontrei
Agora eu espero ficar para sempre
No aconchego do luar
Para quando amanhecer, alguém me chamar de sol