Eu devia saber que essa hora chegaria
Quando vi todos os passos que larguei pelas estradas
Escutei tuas batidas percorrendo a minha sala
Fui correndo pra calçada e te abri os meus portões

Com que direito então você entra aqui
Bagunça a minha sala desarruma as minhas notas
Depois sai e me diz que volta e bate a porta

Quem te deu a ousadia de esculhambar
A minha idade minhas frases preparadas
Felicidade a comodada e adormecida
Eu devia saber

Se eu te disser frases bonitas
Se eu te fizer rimas mais ricas
Se eu te for fiel fiel por toda a vida
Você fica?

Não negue minha alma deslavada
Nem estrague as paredes os meus livros sem palavras
Você me faz morrer de sede quando olha nos meus olhos
Sem querer