Bom, eu vejo muita gente por ae criticando Stronda
Music né?
Falando mal do nosso jeito e talz..
mas não sabem nem o que eu canto..
O que eu canto é Stronda Music
ae se ligaa!

O que eu canto é Stronda, estilo que varre e assombra
E a galera se levanta, com uma levada que bomba
Nego joga a mão pro alto, toma de assalto
E pede o improvisado, e eu mando do palco

Muitos zuaram no inicio, eu fico pensando nisso
Hoje todos se renderam, e não é papo fictício
Hoje ninguém desmerece, ao contrário enaltece
A gente vive o presente mas o passado não esquece

Que tu tirava os playssons, no meio da galera
Invertia o papel, taxando a gente de sequela
Mas pare, perceba, não quero tu se esqueça
Sequelado era você que não tem nada na cabeça

Eu sigo a minha filosofia, represento todo dia
Pra mostrar que o estilo cresce e isso não é
fantasia
Enquanto outros cantam, o público espanta
Por não mandarem bem, e ainda não se manca

Eu falo mermo me desculpe, mas isso não se discute
Canta pra pegar mulé e botar foto no orkut
Quem não conhece a raiz, generaliza o estilo
Acha que todos são iguais, que a stronda não passa
disso

Um bando de criança, que só fala besteira
Que inventou um estilo musical, só pra fazer zoeira
É isso que eu lamento, nego que não tem talento
Se perguntar o que é Stronda, não tem nem argumento

Ninguém nasceu sabendo, muito menos é perfeito
Mas pra fazer algo de bom, tu tem que levar jeito
Eu respeito, a vontade de querer cantar junto
Mas por causa de meia dúzia, prejudica todo mundo

Não é questão de paga pau, fala bem ou fala mal
é questão de reconhecimento e de cair na real
De veracidade, viver a realidade
Bato palma e defendo os que fazem som de qualidade

Se eu faço ou não, cabe a você decidir
Faça uma comparação e veja como eu evolui
Nas bases, letras, melodias, e é isso
Junta tudo o que falei e compara com o início

Que você vai ver, se render, perceber
Que não é mentira o que eu falei pra você
Eu batalhei,eu me esforcei, eu lutei,
subi mais um degrau, mas ainda sei

Que a guerra não acabou, eu não posso deixar falha,
falta muito pro final, eu só ganhei uma batalha
Mas eu não vo desistir, eu não vo me render
Mais dia menos dia, eu sei que irei vencer

Refrão

O que eu canto é Stronda, estilo que varre e assombra
A galera se levanta, com uma levada que bomba

Nego joga a mão pro alto, toma de assalto
E pede o improvisado, e eu mando do palco
O que eu canto é Stronda, estilo que varre e assombra
A galera se levanta, com uma levada que bomba

Nego pede o improvisado, e eu mando do palco
Vagabundo quando tem estilo rouba a cena de assalto

Eu represento a galera, que representa a vera
que viaja no meu som nunca pára e nem sequela
Que eu sei que fechamento, comigo a todo tempo
Se ficar ruim pra mim, geral fica e fecha o tempo

Porque no meu cotidiano, só tem moleque insano
Fugindo de confusão, mas estão sempre farpando
Curtindo namoral, e fechando com geral
diferente de alguns que só querem me ver mal

Mas eu sempre tô ligado, porque eu nunca tô parado
Porque da pala pra dodiban, é ideia de retardado
Eu olho pro lado, e tiro o mal olhado
Se tentar me derrubar, nego vai ficar enrolado

Ee vacilar uma vez, a gente até releva
Mas já tô te dando o aviso, a gente enverga mas não
quebra
O que tu tem de maldade, a gente tem de inteligência
O que tu tem de pressa, a gente tem de paciência

O lema é pegar mulé, não colar e meter o pé
Só de bater o olho nelas, tu tem que saber coé
Mandar o papo certo, nunca dá o papo errado
Ter atitude de playsson e não de liso retardado

Ir pra night, pra beber, pra gastar e pra zoar
E se a mulher tá dando pala, mermão tu tem que chegar
Saber como chegar, conversar, desenrolar
Se souber fazer os 3 é fato vai arrastar

Tem que Strondar de verdade, mas manter a humildade
Fechar com o clero e a burguesia, mas sem falsidade
Tem que reinar a igualdade, o que importa é amizade
Sem priorizar ninguém, do gari à celebridade

S.T.R.O.N.D.A
Temos que lutar pelo estilo, pra ele não acabar
Alguns ainda não acreditam, é isso que incomoda
Já tô cansado de explicar, mas eles acham que é moda

refrão

O que eu canto é Stronda, estilo que varre e assombra
A galera se levanta, com uma levada que bomba

Nego joga a mão pro alto, toma de assalto
E pede o improvisado, e eu mando do palco
O que eu canto é Stronda, estilo que varre e assombra
A galera se levanta, com uma levada que bomba

Nego pede o improvisado, e eu mando do palco
Vagabundo quando tem estilo rouba a cena de assalto

Então não pára, não corre, não treme, não rala
Essa é a hora, a hora de botar a cara
Mostrar que estão errados, enganados
que o pensamento que eles têm, é totalmente
equivocado

tô ficando por aqui, vo deixar você refletir
Melhor do que falar, às vezes é ouvir
Pense e aja diferente, pare de fazer intriga
O que eu canto é stronda, se liga!